Início   >  Fitonutrientes  >  Chá verde – efeitos...
21-06-2017

Chá verde – efeitos preventivos contra a diabetes

Chá verde diabetes Nos últimos anos, o chá verde tem interessado continuamente a comunidade científica. Este entusiasmo explica-se principalmente pelo teor em polifenóis apresentado pelo chá verde. Com efeito, estas moléculas são conhecidas por serem potentes antioxidantes naturais, que permitem combater o stress oxidativo e os danos causados pelos radicais livres. Os investigadores atribuem-lhes inúmeros efeitos protectores, nomeadamente ao nível do coração e do fígado1. Vários estudos mostraram que os antioxidantes do chá verde apresentam um forte potencial terapêutico. Estes compostos podem, por exemplo, contribuir para a prevenção de determinadas doenças metabólicas como a hiperlipidemia ou a diabetes. A este título, os efeitos preventivos do chá verde contra a diabetes foram objecto de um estudo de grande escala realizado no Japão2. Façamos o ponto de situação sobre os resultados promissores deste estudo.

Um estudo de grande envergadura sobre o chá verde

No Japão, uma equipa de investigação avaliou os efeitos da alimentação tradicional no risco de diabetes. Os investigadores interessaram-se em particular pelo consumo de arroz e de chá verde. Na verdade, observações recentes haviam sugerido que um consumo excessivo de arroz poderia constituir um factor de risco para a diabetes. Pelo contrário, vários estudos haviam já concluído que o chá verde tem efeitos protectores contra a diabetes. Para compreender melhor e aprofundar estes resultados, os investigadores conceberam um estudo de coorte envolvendo milhares de idosos japoneses, tanto homens como mulheres. Entre 2010 e 2012, responderam a este estudo mais de 11000 pessoas. Nessas pessoas, a incidência de diabetes foi medida tendo em conta vários parâmetros como o consumo de chá verde e de cereais como o arroz.

Resultados promissores para controlar a diabetes

Publicados na revista Asia Pacific Journal of Clinical Nutrition2, os resultados deste estudo de coorte permitiram confirmar determinadas hipóteses dos investigadores. Constataram por exemplo uma correlação positiva entre o consumo de arroz e o surgimento de diabetes. Observada apenas nas mulheres, esta correlação desaparecia nas que consumiam até 7 chávenas por dia de chá verde. Regra geral, os investigadores observaram menos casos de diabetes nas pessoas que consumiam chá verde. Se é verdade que os resultados sustentam a hipótese de um risco de diabetes nas pessoas que consomem cereais (como o arroz) em excesso, as suas análises permitiram verificar os efeitos protectores do chá verde.

Este vasto estudo de coorte permitiu confirmar o interesse terapêutico do chá verde. Embora os seus mecanismos de acção não sejam ainda todos claros, o chá verde apresenta vários efeitos protectores e preventivos. Os benefícios do chá verde estariam essencialmente ligados ao seu elevado teor em polifenóis. Por esta razão, foram elaborados complementos alimentares para propor um concentrado de polifenóis do chá verde.



> Fontes:
1. Jiao H, Hu G, Gu D, Ni X. Having a promising efficacy on type II diabetes, it's definitely a green tea time. Curr Med Chem. 2015;22(1):70-9.
2. Hirata A, et al. Effect modification of green tea on the association between rice intake and the risk of diabetes mellitus: a prospective study in Japanese men and women. Asia Pac J Clin Nutr. 2017 Maio;26(3):545-555.
Encomendar o nutriente evocado neste artigo
Sunphenon® EGCg 240 mg

Extracto de chá verde (Camellia sinensis) normalizado a 95% de galato de epigalocatequina
Todo o poder do chá verde, de forma natural!

www.supersmart.com
Descubra também
16-08-2016
A berberina – um activador eficaz e...
Uma alternativa não medicamentosa e segura para prolongar a esperança de vida e silenciar a diabetes tipo II A berberina faz parte das substâncias mais...
Saber mais
10-10-2016
As incríveis virtudes polivalentes da curcuma (2/2)
Na Índia, a curcuma é utilizada para tratar toda uma variedade de indisposições incluindo problemas gastrointestinais, problemas inflamatórios, dores de cabeça, infecções ou constipações. É...
Saber mais
05-12-2016
A glicação – um fenómeno desconhecido do...
A glicação é o terceiro e o menos conhecido dos mecanismos fundamentais do envelhecimento – depois da oxidação e do declínio hormonal. Não somos apenas...
Saber mais
Siga-nos
Seleccione o idioma à sua escolha
ptfrendeesitnl

Gratuito

Obrigado pela sua visita; antes de partir

INSCREVA-SE NO
Club SuperSmart
E beneficie
de vantagens exclusivas:
  • Gratuito: a publicação científica semanal "Nutranews"
  • Promoções exclusivas para membros do clube
> Continuar