Início   >  Quelantes   >  Perguntas/resposta com o Dr....
20-05-2014

Perguntas/resposta com o Dr. Garry Gordon*

Chelation O Dr. Garry F. Gordon é um perito mundialmente reconhecido no campo do tratamento por quelação, do anti-envelhecimento, da nutrição, do metabolismo dos minerais e dos tratamentos alternativos e preventivos. Investigou de forma exaustiva os mais de 7000 livros e artigos relativos ao EDTA, escritos ao longo dos últimos 50 anos. O Dr. Gordon desenvolveu o protocolo original para uma utilização segura e eficaz do EDTA e publicou inúmeros artigos científicos sobre este assunto. É também co-autor, juntamente com Morton Walker, do best-seller The Chelation Answer (A resposta da quelação).
*Segundo um artigo publicado em inglês em Smart Publications™ Health and Wellness update.

Toda a gente deveria tomar EDTA para eliminar os metais pesados e as toxinas ambientais?
Dr. Garry Gordon:
Exactamente. Uma parte do preço a pagar pelo progresso consiste em reconhecer o grau de poluição que os nossos avanços acarretaram para a nossa água, os nossos alimentos e o ar que respiramos. Hoje em dia, qualquer ser humano viveria mais tempo, seria mais inteligente, teria uma melhor saúde, reagiria melhor à medicina, aos medicamentos ou à cirurgia, se optasse por seguir um programa de quelação oral com EDTA.

As crianças estão particularmente expostas. Na altura em que tinha um vasto laboratório de investigação sobre os elementos vestigiais, trabalhei com a universidade de Maryland e com o centro de controlo das doenças num estudo que visava demonstrar que os níveis de chumbo em cada criança eram responsáveis por graves prejuízos no seu quociente de inteligência e no seu comportamento. Por outras palavras, hoje em dia todas as criança do planeta sofrem – em grau mais ou menos grave – de envenenamento por chumbo. Quanto menor for o nível de chumbo, mais elevado será o quociente de inteligência da criança.

Actualmente, o corpo humano tem – em média – mil vezes mais chumbo do que antes de era industrial; por outro lado, os alimentos excessivamente refinados que consumimos fornecem-nos cada vez menos minerais essenciais como o zinco. Para mim ficou claro que para conservar uma saúde ideal é necessário tomar regularmente agentes desintoxicantes e quelantes como o alho e o EDTA, que vão expelir continuamente do nosso organismo as toxinas como o chumbo, o mercúrio ou os pesticidas.
Temos actualmente um recuo sem precedentes de mais de 40 anos de utilização alargada e segura do EDTA, com estudos que mostram um aumento da esperança de vida em modelos de investigação. No nosso mundo tóxico, o EDTA tomado por via oral oferece benefícios potencias tão variados como os observados com determinados nutrientes essenciais dos mais potentes. Penso que hoje em dia o EDTA se tornou tão indispensável para uma saúde ideal como qualquer outro nutriente essencial.

Se o EDTA liberta de forma tão eficaz o organismo dos metais pesados, não elimina também minerais essenciais ou outras substâncias importantes?

Dr. Garry Gordon:
Não; por mais surpreendente que isso possa parecer, não o faz. Na verdade, em certos casos, o EDTA oral reforça a assimilação de vários minerais vestigiais. A Organização Mundial da Saúde e os conselheiros da National Academy of Sciences recomendam que o EDTA seja adicionado à alimentação das crianças dos países pobres para reforçar a absorção dos minerais e, em particular, do ferro e do zinco.

O EDTA nunca é decomposto no organismo. Entra e sai do organismo sem que a sua forma sofra qualquer alteração. Possui também uma sólida lista de preferências a que chamamos “constantes de estabilidade”. Será muito inconstante com o cálcio e com o magnésio aos quais diz: “Olá, estás aí, adeus.” Ao zinco, diz: “És verdadeiramente interessante.” Depois ao chumbo diz: “Acho-te verdadeiramente interessante, podíamos passar o serão juntos.” E quando chega ao mercúrio, pergunta-lhe se podem passar juntos toda a vida.

Por outro lado, sabemos que o EDTA é um quelante não específico e se não existir um aporte amplamente suficiente de minerais com uma forte constante de estabilidade, ele poderia potencialmente eliminar minerais essenciais. Isso dependeria, em última análise, da quantidade de metais pesados existentes no sistema, do seu pH, etc. Se já não existir muito chumbo nem mercúrio no sistema, o EDTA pode então eliminar o zinco, que é rapidamente excretado na urina.

Sugere sistematicamente tomar minerais de substituição quando se toma uma quelação por via oral?

Dr. Garry Gordon:
Sim, sem dúvida. Recomendo sempre que se tomem os suplementos mais evoluídos de vitaminas e de minerais, incluindo zinco, para impedir que faltem no organismo. Infelizmente, devido à toxicidade do nosso ambiente e do nosso estilo de vida stressante, é virtualmente impossível contar com os alimentos para fornecerem todos os nutrientes de que os nossos organismos necessitam para se manterem fortes e saudáveis.
Dependemos de alimentos empobrecidos, provenientes de solos com deficiências em minerais, embalados em caixas, seleccionados antes de estarem maduros e armazenados em compartimentos refrigerados. A investigação mostrou que por causa do declínio progressivo da qualidade nutricional dos alimentos que consumimos, mesmo uma alimentação satisfatória não consegue manter o equilíbrio em vitaminas e minerais necessário para evitar problemas de saúde. É vital que reforcemos a nossa alimentação com um largo espectro de suplementos de vitaminas e de minerais, que colmate as deficiências nutricionais.

Pode fazer a comparação entre a quelação oral e a quelação intravenosa?

Dr. Garry Gordon:
Elas fazem fundamentalmente coisas diferentes e apesar de um artigo recente no Jama afirmar que é inútil, no espírito dos pacientes tratados não há qualquer dúvida sobre os benefícios da quelação por via intravenosa. Ajudei a formar inúmeros médicos e redigi o protocolo original da quelação por via intravenosa segundo o qual mais de um milhão de pacientes foram tratados sem problemas. Mas, para além da questão da sua utilidade, temos todos uma vida demasiado ocupada e não podemos ir diariamente passar 3 horas no médico para fazer uma quelação intravenosa. Isto para não falar do custo elevado. A quelação oral é um meio eficaz, prático e acessível de ajudar as pessoas a gerir uma carga excessiva de metais pesados no seu organismo. E posso provar que todos nós a temos.

Tomemos, por exemplo, a nossa carga de mercúrio. No relatório publicado no Linear Practice of Alternative Medicine (outono de 2001, edição 2: 181-187) Poul Molher calculou que é típico ter mais de 40 milhões de átomos de mercúrio em cada célula do corpo se fizermos obturações dentárias durante vários anos.

Parece-me claro que deveríamos fazer todos quelação oral diária ou, em alternativa, não deveríamos comer peixe, nem beber água nem tão pouco respirar. Assim, utilizemos todos os meios possíveis para extrair estas toxinas, diariamente com um pouco de sorte, antes que elas se instalem definitivamente. A quelação oral torna a quelação intravenosa muito mais eficaz. Temos dados que demonstram que ninguém deveria jamais fazer quelação por via intravenosa sem a fazer simultaneamente por via oral.

O que é o óxido nítrico e de que forma está ligado à quelação por EDTA ?

Dr. Garry Gordon:
Mostrámos que o EDTA optimiza a produção de óxido nítrico. Este facto, por si só, mostra que a quelação é benéfica praticamente para toda a gente. O óxido nítrico protege o coração, estimula o cérebro, mata as bactérias, ajuda a prevenir os coágulos sanguíneos responsáveis pela maioria das crises cardíacas e dos acidentes vasculares cerebrais, reforça o fornecimento de oxigénio aos tecidos e regula a tensão arterial e o fluxo sanguíneo para os vários órgãos. Está presente na maioria dos seres vivos e é fabricado por vários tipos de células.

Fizemos sensação ao descobrir que este pequeno poluente do ar simples, formado quando o azoto queima – como no fumo do escape dos automóveis – pode exercer tantas funções vitais importantes no nosso organismo.

Outras investigações confirmaram que o óxido nítrico é uma molécula de sinalização chave para o sistema cardio-vascular e que exerce toda uma série de outras funções. Quando o óxido nítrico é produzido pelo endotélio (a parede celular mais interna das artérias) propaga-se rapidamente através das membranas celulares até às células musculares subjacentes. As suas contracções são interrompidas pelo óxido nítrico, o que resulta numa dilatação das artérias. Desta forma, o óxido nítrico controla a tensão arterial e a distribuição do sangue. Ajuda também a prevenir a formação de coágulos sanguíneos.

Se o óxido nítrico é tão importante para a saúde cardiovascular, porque não tomar uma dose diária dele em vez de tomar EDTA ?

Dr. Garry Gordon:
O problema é que o óxido nítrico é tão potente que quando administrado como medicamento comporta riscos. Exactamente como quando se administra nitroglicerina sob a língua para dilatar as artérias e parar a dor cardíaca, o paciente pode sentir uma dor de cabeça explosiva. Administrar substâncias que produzem tais efeitos não pode ser feito de ânimo leve. Por outro lado, se posso encontrar um meio de optimizar a capacidade que o seu organismo tem de fabricar exactamente a dose ideal de óxido nítrico (o que acredito que a minha quelação oral pode ajudar a fazer, desintoxicando as células que fabricam óxido nítrico), isso torna-se maravilhoso. O seu organismo não é idiota, não vai fabricar óxido nítrico em demasia, por isso não tenho de me preocupar com uma eventual sobredosagem induzida pelo EDTA.
Encomendar o nutriente evocado neste artigo
EDTA 250 mg

Quelante eficaz, prático e económico

www.supersmart.com
Descubra também
30-11-2016
O seu corpo está impregnado de metais...
O chumbo é um metal que não pertence no seu corpo. A maioria dos outros metais (ferro, cobre, zinco, manganésio…) têm, com efeito, a sua...
Saber mais
18-04-2011
Mercúrio implicado no desenvolvimento da doença de...
No número de 15 Novembro de 2010 do Journal of Alzheimer's Disease, foi publicado um artigo científico que aponta o mercúrio como uma das múltiplas...
Saber mais
Siga-nos
Seleccione o idioma à sua escolha
ptfrendeesitnl

Gratuito

Obrigado pela sua visita; antes de partir

INSCREVA-SE NO
Club SuperSmart
E beneficie
de vantagens exclusivas:
  • Gratuito: a publicação científica semanal "Nutranews"
  • Promoções exclusivas para membros do clube
> Continuar