Início   >  Coração e Circulação sanguínea  >  As várias formas de...
12-01-2015

As várias formas de vitamina E não possuem todas as mesmas acções benéficas

Vitamin E A vitamina E foi descoberta em 1922, mas só ao longo das duas últimas décadas se começou a compreender que ela não era um único constituinte. De facto, “vitamina E” é o nome de toda uma família que engloba os alfa-, beta-, gama- e delta-tocoferóis, bem como os alfa, beta, gama e delta tocotrienóis. Um grande número de suplementos nutricionais contêm essencialmente alfa-tocoferol, o que pode fazer crer que apenas ele é sinónimo de vitamina E. Estudos recentes mostram, no entanto, que outros constituintes activos de vitamina E são igualmente muito importantes para a saúde.
No início, a vitamina E foi identificada como uma substância vital para a reprodução. Actualmente, é considerada um nutriente essencial, implicado em inúmeros sistemas biológicos incluindo os mecanismos de defesa contra a oxidação, os sistemas cardiovasculares e neuro-musculares bem como a regulação do crescimento celular.

Alfa- ou gama-tocoferol

Vários estudos abrangentes evidenciaram os efeitos benéficos da toma de vitamina E na redução das doenças cardiovasculares e da morte por enfarte. Outros estudos não mostraram tais resultados. Estas divergências podem dever-se ao facto de o alfa-tocoferol ter sido estudado isoladamente, não tendo sido tidos em conta o gama-tocoferol nem os tocotrienóis.

Tal poderia também explicar a razão pela qual a vitamina E, que encontramos nos alimentos, reduz mais eficazmente o risco de morte por doença cardiovascular do que os suplementos de alfa-tocoferol. Os alimentos fornecem um espectro mais vasto da família da vitamina E.
Por outro lado, alguns estudos indicam que fortes doses de suplementos de alfa-tocoferol diminuem consideravelmente a absorção do gama-tocoferol e os efeitos dos tocotrienóis. Um grupo de investigadores observou que ao dar diariamente a sujeitos voluntários (com idades compreendidas entre 30 e 60 anos) 1200 UI de alfa-tocoferol sintético durante oito semanas, o gama-tocoferol plasmático diminui entre 30 a 50% em todos os sujeitos, relativamente aos valores medidos no início do estudo. Estes resultados salientam o interesse de escolher suplementos nutricionais que contenham quantidades equilibradas dos vários constituintes com actividade vitamínica E.

Um papel especial nas doenças cardiovasculares

Um estudo sueco constatou que pacientes com doença cardiovascular coronária apresentavam níveis de gama-tocoferol mais baixos do que os sujeitos saudáveis com a mesma idade, ao passo que o seu nível de alfa- sobre gama- era mais elevado.

O consumo1 alimentar de vitamina E, mas não os suplementos de alfa-tocoferol, foi associado a uma mais baixa mortalidade por acidente vascular cerebral ou enfarte num vasto estudo de coorte de mulheres menopáusicas (perto de 35 000 mulheres). Sabe-se igualmente que o consumo regular de nozes, particularmente ricas em gama-tocoferol, reduz a mortalidade cardiovascular.
Estudos realizados com animais forneceram também dados interessantes sobre o papel provável do gama-tocoferol na protecção cardiovascular.

Em ratos, a toma de um suplemento de gama-tocoferol provoca uma diminuição mais acentuada da formação de coágulos sanguíneos que o alfa-tocoferol. É no entanto necessário não esquecer que a toma de um suplemento de gama-tocoferol aumenta os níveis de gama e de alfa-tocoferol. O gama-tocoferol inibia também mais eficazmente ex vivo a peroxidação lipídica, a oxidação dos LDL e a geração de peróxido. De igual modo, estimula mais eficazmente a expressão e a actividade da superóxido dismutase.2
Tanto o alfa- como o gama-tocoferol aumentam a produção de óxido nítrico (o óxido nítrico dilata os vasos sanguíneos) incrementando a actividade da sintase endotelial do ácido nítrico. Apenas o gama-tocoferol estimula a expressão da proteína desta enzima indispensável.

Um antioxidante potente

O alfa-tocoferol foi reconhecido durante muito tempo como um antioxidante potente. A investigação veio agora demonstrar que a equipa completa da vitamina E é muito mais eficaz. As diferentes formas de vitamina E possuem efeitos anti radicalares complementares.
Em conjunto, conseguem combater um espectro muito mais amplo de radicais livres do que o alfa-tocoferol isolado. Em certa medida, o alfa-tocoferol pode inibir a geração de radicais livres. O gama-tocoferol, por seu lado, consegue imobilizar e eliminar radicais livres existentes tão fortemente tóxicos como o peróxido de azoto. O gama-tocoferol pode desta forma proteger as células dos efeitos mutagénicos e carcinogénicos de moléculas reactivas muito perigosas.

Um efeito protector contra os cancros

A eficácia do gama-tocoferol para inibir o crescimento das células cancerosas da próstata é muito superior à do alfa-tocoferol. Num estudo em que se compararam os efeitos inibitórios do alfa-tocoferol sintético e do gama-tocoferol natural no crescimento de células cancerosas da próstata, ficou demonstrado que o gama-tocoferol é eficaz numa concentração 1000 vezes mais baixa do que a de alfa-tocoferol sintético3.
Num estudo prospectivo, os homens que apresentavam os níveis plasmáticos mais elevados de gama-tocoferol tinham, relativamente aos homens que apresentavam níveis mais baixos, um quinto do risco de desenvolver um cancro da próstata. Além disso, o efeito protector do selénio e do alfa-tocoferol apenas se verificava na presença de níveis elevados de gama-tocoferol.4

Os tocotrienóis

Os tocotrienóis são um grupo de constituintes naturais da vitamina E que evidenciam características biológicas semelhantes à suas moléculas irmãs, os tocoferóis, em alguns aspectos e diferentes noutros. Os alimentos ricos em tocotrienóis incluem o arroz, a farinha de aveia, o óleo de palma e a cevada.

Semelhanças e diferenças

A diferença fundamental na estrutura química dos tocoferóis e dos tocotrienóis repousa na disposição dos átomos substitucionais ligados a um anel cromanol e no facto de a cadeia longa de hidrocarbonetos ligada a este anel ser saturada ou insaturada. Os tocoferóis têm uma cadeia de hidrocarbonetos completamente saturados, ao passo que os tocotrienóis são caracterizados por uma cadeia de hidrocarbonetos parcialmente insaturados.
Cada tocotrienol possui um anel cromanol idêntico ao do tocoferol correspondente, o que explica que sejam igualmente excelentes antioxidantes.
Um grande número de estudos provou que os tocotrienóis possuem efeitos benéficos importantes que outras formas de vitamina E não possuem.

Crescimento celular e actividade anti cancro

Ensaios laboratoriais indicam que os tocotrienóis podem afectar o crescimento e/ou a proliferação de determinados tipos de células cancerosas humanas. Estudos in vitro e realizados com animais sobre a acção dos tocotrienóis nas células cancerosas mostram que os tocotrienóis são muito mais eficazes a inibir o crescimento das células cancerosas do que os tocoferóis.
Um estudo5 demonstra que, nos ratos, a toma prolongada de um suplemento com tocotrienóis extraídos de palma reduz o impacto dos carcinogénicos. Após ter sido exposto a toxinas hepáticas, um grupo de ratos foi alimentado com uma alimentação suplementada com tocotrienóis ao passo que um outro grupo de animais recebia uma alimentação normal.
Os dez ratos alimentados com a dieta normal e expostos às toxinas desenvolveram um cancro do fígado durante os nove meses do estudo. Pelo contrário, apenas um dos ratos que tomaram o suplemento com tocotrienóis desenvolveu nódulos cancerosos.
Diferentes estudos in vitro avaliaram a capacidade dos tocotrienóis para inibir o crescimento de células cancerosas humanas da mama. Foram identificados vários tipos de células de cancro da mama consoante possuíam ou não receptores de estrogénio nas suas membranas celulares. O tocotrienóis inibem o crescimento das células cancerosas da mama, com e sem receptores de estrogénio.
As investigações mostraram também um efeito sinérgico dos tocotrienóis e do tamoxifeno, um medicamento anti-estrogénio frequentemente utilizado no tratamento do cancro.

Se os tocotrienóis actuam realmente nas células cancerosas através de um caminho induzido pelos receptores não estrogénicos como sugerem os resultados destes estudos, então os tocotrienóis poderiam revelar-se úteis para tratar células cancerosas da mama resistentes aos agentes terapêuticos anti-estrogénicos.
Um grupo de investigação da Universidade do Texas, Austin, EUA, dirigido pela Dra. Kimberley Kline, confirma os primeiros resultados6 obtidos por um grupo de canadianos e que mostra que os tocotrienóis abrandam o ritmo de crescimento de células humanas de cancro da mama..7
Este estudo mostrou que os tocotrienóis e o RRR-delta-tocoferol de origem natural induziam a morte das células cancerosas. Os gama- e delta-tocotrienóis eram os mais eficazes. O grupo da Dra. Najla Guthrie da Université de l’Ouest de Ontario havia já demonstrado um efeito semelhante para o tocotrienol complementado com uma mistura de tocoferóis, por oposição à ineficácia do alfa-tocoferol isolado.

Foram igualmente estudados os efeitos dos tocotrienóis noutros tipos de células cancerosas. Os tocotrienóis, e mais particularmente os gama- e delta-tocotrienóis, foram os mais eficazes num grupo de constituintes testados pela sua capacidade de inibir o crescimento de células de melanomas cancerosos derivados de ratinhos.8

Tocotrienóis e colesterol

Os tocotrienóis têm um efeito benéfico no metabolismo do colesterol que os tocoferóis não possuem. Estudos realizados com uma grande quantidade de tipos de culturas celulares mostraram que os tocotrienóis, e em particular o gama-tocotrienol, inibem a produção de colesterol. Parecem agir sobre uma enzima específica, denominada 3-hidroxi-3-metilglutaril-coenzima A redutase (HMG-CoA) implicada na produção de colesterol no fígado.9 Os tocotrienóis inibem a produção desta enzima, do que resulta menos colesterol fabricado no fígado. O que pode resultar numa redução dos níveis de colesterol plasmáticos. Alguns investigadores examinaram, no ser humano, os efeitos de um preparado rico em tocotrienóis nos níveis de colesterol.

Verificaram que, nos sujeitos que apresentavam níveis de colesterol elevados, os tocotrienóis baixavam esses níveis de forma significativa.10 Num estudo cruzado realizado em dupla ocultação envolvendo 25 pacientes com níveis elevados de lípidos séricos, a administração de quatro cápsulas diárias de 50 mg de tocotrienóis misturados com óleo de palma provocava, ao fim de 8 semanas de tratamento, uma diminuição significativa dos níveis de colesterol total e de colesterol LDL (respectivamente 15% e 8%). Não se observou qualquer alteração no grupo de controlo que tomou óleo de milho.11

Benefícios para a saúde cardiovascular

Uma das descobertas mais interessantes é certamente a da capacidade que os tocotrienóis têm de limpar os bloqueios provocados pela aterosclerose (estenose) da artéria carótida, permitindo assim reduzir de forma significativa o risco de enfarte.

As provas mais fortes vêm de um ensaio12 clínico realizado para testar o efeito dos tocotrienóis na aterosclerose da carótida. Neste ensaio com duração de 18 meses, cinquenta pacientes com uma estenose da artéria carótida receberam diariamente de forma aleatória 160 mg de tocotrienóis de palma (formas alfa- e gama-) juntamente com 64 mg de alfa-tocoferol de óleo de palma ou apenas óleo de palma como placebo.
Ao fim de seis meses, as doses do grupo que tomava o suplemento foram aumentadas para 240 mg de tocotrienóis e 96 mg de alfa-tocoferol.
No final do estudo, o exame ecográfico das artérias mostrou que nenhum dos pacientes do grupo de controlo evidenciava qualquer melhoria no seu estado e que a estenose se tinha agravado em dez deles. Por outro lado, no grupo que tomou o suplemento de tocotrienóis, a aterosclerose havia diminuído e o fluxo sanguíneo para o cérebro havia melhorado em 7 dos 25 pacientes, enquanto a estenose apenas se havia agravado em dois deles.

Um outro estudo13 vem confirmar estes resultados. Um estudo com duração de cinco anos seguiu 50 pacientes com uma estenose da artéria carótida. Os pacientes tinham idades compreendidas entre os 49 e os 83 anos. O estreitamento da artéria carótida ultrapassava os 49% em quase metade dos sujeitos do estudo.
Um grupo de pacientes tomou cerca de 650 miligramas de tocotrienóis e de alfa-tocoferol enquanto o outro grupo tomou um placebo. Todos os pacientes foram examinados de seis em seis meses durante o primeiro ano e, depois, anualmente.
Após quatro anos de tratamento fizeram-se medições por via ecográfica para avaliar o estreitamento da artéria carótida. No grupo de controlo a estenose tinha-se agravado em 15 pacientes, mantivera-se estável em 8 pacientes e havia melhorado ligeiramente em dois pacientes. No grupo que tomou o suplemento a estenose tinha-se agravado ligeiramente em três pacientes, mantivera-se estável em doze pacientes e havia melhorado em dez pacientes.

Trabalhos experimentais recentes confirmam a existência de uma ligação entre a redução das lesões oxidativas e o prolongamento do tempo de vida. Tocotrienóis extraídos da palma foram escolhidos para um estudo sobre o processo de envelhecimento realizado pelo centro de investigação das ciências da vida, no Japão. Os trabalhos foram conduzidos em nemátodos (Caenorhabditis elegans), um modelo de organismo usado frequentemente na investigação sobre o envelhecimento. O estudo demonstrou que os tocotrienóis – mas não o alfa-tocoferol – aumentavam o tempo de vida médio deste organismo.
1 Dietary antioxidants vitamins and death from coronary heart disease in postmenopausal women. Kushi LH et al., New Engl J Medicine, 1996 ; 334 : 1156-62.
2 Differential effects of alpha and gamma tocopherol on low-density lipoprotein oxidation, superoxide dismutase activity and nitric oxide synthase activity and protein expression in rats. Ksaldeen T et
al. J Am Coll Cardiol 1999; 34:1208-15.
3 Vitamin E, alpha and gamma tocopherol and prostate cancer. Moyad MA et al. Semin Urol Oncol 1999 May ; 17(é) :85-90.
4 Association between alpha tocopherol, gamma tocopherol, selenium and subsequent prostate
cancer. Helzlsouer KJ. J Natl Cancer Institute 2000; 92: 2018-23.
5 Long-term administration of tocotrienols and tumour-marker enzyme activities during
hepatocarcinogenesis in rats. Rahmat A. et al. Nutrition, 1993 May-June ;9 (3) :229-32.
6 Yu W. et al., " Induction of apoptosis in human breast cancer cells by tocopherols and tocotrienols.3 Nutr Canc 1999 ;33: 26-32.
7 Nesaretnam K. et al., Tocotrienols inhibit the growth of human breast cells irrespective of estrogens receptor status.3 Lipids 1998;33: 461-469.
8 He L ; et al., "isoprenoids suppress the growth of murine B16 melanomas in vitro and in vivo. ",
1997 127:668.
9 Khor HT., et al., “Tocotrienols inhibit liver HMG-CoA reductase activity in the guinea pig.”
Nutr Res 1995; 15:537-544.
10 Qureshi AA et al., " response of hypercholesterolemic subjects to administration of tocotrienols, 1995, Lipids, 30 : 1171.
11 Lowering of serum cholesterol in hypercholesterolemic humans by tocotrienols. Qureshi AA et al. Am J Clin Nutr 1991 Ap ;53(4suppl) :1021S-1026S.
12 Antioxidant effect of tocotrienols in patients with hyperlipidemia and carotid stenosis.
Tomeo AC et al., Lipids 1995 Dec 30(12) :1179-83.
13 Tocotrienols : biological and health effects. In antioxidant status, diet, Watkins TR et al. Nutrition and Health. Papas AM editor, CRC Press, Boca Raton, 1998; 479-496
Encomendar os nutrientes evocados neste artigo
Natural E 400

400 UI de d-alfa-tocoferol, forma natural da vitamina E

www.supersmart.com
Gamma E Tocopherols

Potente mistura de antioxidantes

www.supersmart.com
Descubra também
07-06-2016
Este nutriente rejuvenesce a pele e as...
Imagine um alimento natural que impede que a pele enrugue, se distenda e envelheça, tanto no rosto (pálpebras, faces, lábios) como nas coxas ou sob...
Saber mais
22-05-2017
Uma associação eficaz contra o colesterol "mau"
cholesterol - Aloe Vera - ProbiotiquesUma equipa de investigação indiana acaba...
Saber mais
16-05-2017
Nutrientes benéficos contra a hipertensão arterial
Por ocasião do Dia Mundial contra a hipertensão, convém lembrar a importância da prevenção e do diagnóstico deste problema cardiovascular. Caracterizada por uma tensão anormalmente...
Saber mais
Siga-nos
Seleccione o idioma à sua escolha
ptfrendeesitnl

Gratuito

Obrigado pela sua visita; antes de partir

INSCREVA-SE NO
Club SuperSmart
E beneficie
de vantagens exclusivas:
  • Gratuito: a publicação científica semanal "Nutranews"
  • Promoções exclusivas para membros do clube
> Continuar